10 de junho de 2018

Ronaldo é o próximo: Neymar iguala marca de Romário

VIENA – De volta ao time titular, Neymar alcançou mais um feito na seleção brasileira com o belo gol marcado na viktória por 3 a 0 sobre a Áustria, em Viena, na tarde deste domingo. O atacante chegou a 55 gols pela equipe nacional, empatando com Romário como terceiro maior artilheiro do time, em jogos oficiais.

 Neymar fez questão de homenagear o antigo camisa 11, ao levantar a camisa e os braços, uma clássica comemoração de Romário. “Muito feliz, muito contente de chegar à essa marca, quis homenageá-lo de alguma forma. É um ídolo não só para mim, mas para os brasileiros e para o mundo, tenho máximo respeito pelo nosso ‘baixola'”, afirmou Neymar na zona mista do estádio Ernst Happel.

Nas redes sociais, ele também mandou um recado ao ex-camisa 11. “Respeito máximo por ti, ídolo Romário.” Na média, o “Baixinho” ainda leva a melhor: fez 55 gols em 74 jogos; já Neymar precisou de 85 jogos. Pelas contas da CBF, que considera gols marcados contra clubes e combinados, não apenas seleções, Romário ainda está à frente, com 56 gols.

O recorde de gols pela seleção pertence a Pelé, com 77 tentos em jogos oficiais, ainda um pouco distante. Neymar, de 26 anos, está mais próximo do segundo colocado, Ronaldo, que fez 67. Levando em conta partidas da seleção brasileira contra clubes e combinados, Pelé tem 95 gols e Zico aparece à frente de Neymar, com 66.

Um conteúdo de Placar/Abril. Veja. Reprodução.