8 de junho de 2018

China impõe tarifas sobre a importação de frango brasileiro

A China anunciou nesta sexta-feira, 8, que vai impor tarifas extras à carne de frango brasileira. A medida antidumping temporária foi criada com o objetivo de proteger a indústria local chinesa, que reclama que o Brasil estaria vendendo produtos abaixo do valor de mercado. A decisão provisória determina que os importadores chineses de frango brasileiro terão que pagar depósitos de 18,8% a 38,4% do valor de suas compras a partir deste sábado, 9.

Em comunicado, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) manifestou seu protesto diante da decisão do Ministério do Comércio da China pela aplicação de medidas de tarifas à carne de frango brasileira, como direito antidumping provisório.

Essa é mais uma decisão contra o produto brasileiro. Em abril, a União Europeia (UE) anunciou a exclusão de 20 unidades de frigoríficos da lista dos que estão autorizados a exportar frango para o bloco comercial. A maior parte pertence à BRF, dona da Sadia e Perdigão, maior processadora de alimentos do país. Essas empresas representam cerca de 30% do total de frango exportado para a União Europeia. (Com agência/reprodução)